Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Desenvolvimento Social reúne gestores para sensibilização de adesão ao Programa BPC na Escola

Publicação:

IMG 2549
Secretário adjunto Darci Lauermann, na capacitação do BPC na Escola

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, por meio da Divisão de Proteção Social Básica do Departamento de Assistência Social, promoveu, hoje (16) nova etapa de capacitação objetivando informar gestores (as) das secretarias de Assistência Social, Educação, Saúde e Direitos Humanos e equipes técnicas municipais para adesão ao Programa do Benefício da Prestação Continuada (BPC na Escola). 

A capacitação serviu, ainda, para trabalhar as ações de acompanhamento dos beneficiários do Programa: Crianças e adolescentes de 0 à 18 anos com deficiência (BPC), que já são público prioritário do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). 

O diretor geral da SDSTJDH, Darci Lauermann, participou da abertura dos trabalhos onde manifestou a importância dos serviços prestados na ponta, diretamente ao cidadão que precisa.

Após a representante do grupo gestor estadual do Programa BPC na Escola, da Divisão de Proteção Social Básica/DAS, Angie Klassmann, informar sobre o cronograma da capacitação, o coordenador de políticas para Pessoas com Deficiência do DDHC/SDSTJDH, Adilso Corlassoli, fez um relato sobre as ações governamentais voltadas as PcDs. 

O programa BPC na Escola é uma ação intersecretarias envolvendo as áreas de Educação, da Saúde e do Desenvolvimento Social, Justiça e Direitos Humanos, em parceria com a União e municípios, para o acompanhamento e monitoramento do acesso e da permanência na escola das pessoas com deficiência, beneficiárias do BPC, até 18 anos, por meio da articulação de políticas públicas.   

A intenção é criar condições para o desenvolvimento da autonomia, participação social e emancipação da pessoa com deficiência. O beneficiário deve ter garantida a sua matrícula na escola da sua comunidade. É importante que os pais saibam que a matrícula é um direito do seu filho e uma obrigação do sistema de ensino.

SDSTJDH - Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos