Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Feira das Profissões supera expectativas e reúne 600 jovens em Viamão

Publicação:

IMG 6081
Feira das Profissões de Viamão e Seminário da Juventude

Com 15 anos e muitos sonhos, Vitória Neves chegou cedo à Feira das Profissões do Programa de Oportunidades e Direitos (POD). Conferiu as palestras e aproveitou para buscar informações sobre cursos técnicos, universidades e estágios nos stands. Ela quer ser médica, mas sabe que o caminho até lá depende dela. “Para realizar um sonho a gente tem que correr atrás, né? Não adianta só sonhar”, ponderou.

IMG 6579 crop
Vitória Neves



Como Vitória, mais de 600 jovens de 15 a 24 anos, de pelo menos 15 escolas, lotaram o saguão da Escola Estadual Anna Jobim no início da manhã desta quinta-feira, 10. O local foi escolhido para sediar a primeira edição da Feira das Profissões e Seminário de Juventude do Programa de Oportunidades e Direitos (POD), parceria entre o Governo do Estado do Rio Grande do Sul e o Banco Interamericano de Desenvolvimento. Durante todo o dia, foram oferecidos serviços como a confecção de documentos, vagas de emprego e estágio, informações sobre cursos técnicos e universidades, além de palestras e oficinas sobre aprendizagem e o mundo do trabalho, tudo isso com atrações artísticas e culturais para deixar a programação mais divertida.

O evento ocorre nos seis territórios abrangidos pelo POD (Viamão, Alvorada e Cruzeiro, Lomba do Pinheiro, Restinga e Rubem Berta, em Porto Alegre ) e vão até o dia 19. “Nossa ideia é levar para esses jovens, de escolas públicas e de regiões vulneráveis, serviços que muitas vezes eles têm dificuldade de acessar e também uma oportunidade para que eles conheçam cursos técnicos profissionalizantes e cursos universitários, para que tenham acesso a vagas de estágio e emprego”, disse o coordenador do Escritório de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Aldo Peres.

IMG 6132
Coordenador do Escritório de Projetos da SDSTJDH Aldo Peres



“Pensamos em realizar um evento diferente, comum em escolas privadas e dentro de universidades, mas que raramente atinge o público da periferia. Esses jovens também querem estudar, também sonham e também buscam melhores oportunidades no mundo do trabalho e para o futuro. A ideia surgiu justamente num diálogo com jovens que já frequentam cursos do POD na Lomba do Pinheiro e decidimos abraçar”, complementa o diretor do Departamento de Políticas para a Juventude da SDSTJDH, Ricardo Bassi.

IMG 6145
Diretor do Departamento de Políticas para a Juventude Ricardo Bassi



Erik Antunes foi um dos jovens que participou do evento. Ele fez questão de conferir todas as palestras e oficinas e visitou todos os stands. Se informou sobre os cursos e agora quer definir se vai fazer informática ou algum curso na área de desenho e design. “Achei muito importante para definir o meu futuro”, afirmou o estudante de 14 anos. Enquanto não chega a hora de Erik definir qual curso superior irá cursar, ele se interessou pelas atividades do Centro de Juventude que começa a funcionar em agosto, em Viamão. O CJ integra as ações do POD.

IMG 6570 crop
Erik Antunes



Para a equipe da Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi), entidade parceira do POD, responsável pela implantação do centro de juventude na cidade, o sucesso de público do evento, que no turno da manhã já superou a expectativa para o dia inteiro, é uma oportunidade de trazer os jovens para o CJ. “Estamos muito felizes com o início do projeto do Centro de Juventude de Viamão, que atenderá 600 jovens do município por ano. Por isso não medimos esforços para realizar o seminário e a Feira das Profissões”, concluiu Franklin Ribeiro, gerente regional da Renapsi.

Atendimentos: O FGTAS/Sine Móvel realizou 80 atendimentos, confeccionou 16 carteiras de trabalho e fez 55 encaminhamentos para vagas de emprego. Outros 15 jovens buscaram orientação sobre documentos e empregos. O Instituto Geral de Perícias fez 40 carteiras de identidade. Mais de 80 jovens preencheram fichas para estágios do CIEE. E mais de 50 procuraram os cursos do Senac.

Em Viamão, o evento foi realizado em parceria com a Renapsi, a prefeitura municipal e a Brigada Militar. Contou com o apoio do SINE/FGTAS, Instituto Geral de Perícias, UERGS, Instituto Técnico Federal do Rio Grande do Sul, Ulbra, Senac, Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), Sistema de Ensino Gaúcho (SEG), OCERGS/Sescoop e Sicredi

Texto: Melina Fernandes

SDSTJDH - Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos