Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Órgãos da Segurança Pública e Fase elaboram estratégia de ação integrada

Publicação:

Órgãos da Segurança Pública e Fase elaboram estratégia de ação integrada
Órgãos da Segurança Pública e Fase elaboram estratégia de ação integrada - Foto: Sue Gotardo

As instituições vinculadas à Secretaria da Segurança Pública (SSP) e a Fundação de Atendimento Sócio- Educativo (Fase) irão estabelecer uma estratégia de ação integrada, visando dar maior segurança aos adolescentes em conflito com a lei, servidores e comunidade do entorno dos Centros de Atendimento Socioeducativo (Cases). A decisão foi tomada no encontro entre o secretário Cezar Schirmer e a secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, nesta segunda-feira (05).

Para Schirmer, a elaboração de iniciativas em conjunto beneficiará todo o sistema da Segurança Pública. “Infelizmente, vivemos uma realidade de extrema aproximação entre os adolescentes em conflito com a lei e as facções criminosas. Isso torna de grande importância estreitamento de relações entre as instituições”, pontuou.

De acordo com o secretário adjunto da SSP, coronel Everton Oltramari, existem muitas possibilidades a serem colocadas em prática. “Uma delas é o emprego de PMs do Corpo Voluntário de Militares Inativos (CVMI), a exemplo do que já ocorre nas escolas da rede estadual”, frisou. Oltramari também assegurou que será solicitado ao comando-geral da Brigada Militar (BM) o reforço do patrulhamento nas regiões em que os Cases estão localizados.

Órgãos da Segurança Pública e Fase elaboram estratégia de ação integrada
Órgãos da Segurança Pública e Fase elaboram estratégia de ação integrada - Foto: Sue Gotardo

A intensificação da troca de informação entre a Fase e as forças policiais também será aprimorada. O objetivo da ação é garantir que não haja novas ocorrências como o homicídio que vitimou um servidor da FASE no dia 27 de janeiro, em Novo Hamburgo.

Objetivo é garantir que não haja novas ocorrências como o homicídio que vitimou um servidor da FASE no dia 27 de janeiro, em NH
Objetivo é garantir que não haja novas ocorrências como o homicídio que vitimou um servidor da FASE no dia 27 de janeiro, em NH - Foto: Sue Gotardo

Presente ao encontro, o chefe da Polícia Civil, delegado Emerson Wendt, atualizou a secretária Maria Helena sobre o andamento das investigações. “Temos consciência do que esta investigação representa. Estamos trabalhando em diversas frentes, com o apoio dos setores de inteligência, tanto da PC quanto da BM”, assegurou.

Também participaram da reunião o presidente da Fase, Robson Luis Zinn, e o chefe de gabinete do comando-geral da BM, tenente-coronel Marcus Vinícius Oliveira.

SDSTJDH - Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos