Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Tudo Fácil completa 19 anos de serviços prestados

Publicação:

A64A6145
Tudo Fácil atende em média 7 mil pessoas/dia - Foto: Suê Gotardo

A Central de Serviços do RS, conhecida como Tudo Fácil, completa 19 anos nesse mês de julho (iniciou atividades em 1º de julho de 1998). A data foi comemorada com a prestação de serviços a quase duzentas pessoas no “stand” montado no Largo Glênio Peres, em atividade que integrou o Dia de Cooperar, promovido pelo Sescoop/RS e do Sistema OCB, com apoio do Governo do Estado. 

Criado com a finalidade de concentrar, em um único espaço físico, os serviços públicos mais demandados pelo cidadão, o Tudo Fácil tem como objetivo principal a melhoria da qualidade da prestação do serviço público, caracterizada em atendimento personalizado, rápido e resolutivo, reduzindo tempo e esforços dos usuários.

Vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos o Tudo Fácil, presta serviços de forma presencial, em suas 3 unidades em Porto Alegre, e “Online” através do portal  www.tudofacil.rs.gov.br.

O Governo do Estado, que tem como prioridade a prestação de serviços de qualidade ao cidadão, tem feito investimentos permanentes para facilitar o acesso das pessoas nas unidades Tudo Fácil e na ferramenta digital. Em julho de 2016 foi lançado o novo Portal do Tudo Fácil Eletrônico com foco em serviços de agendamentos e emissão direta de documentos. A partir destes investimentos foi possível aumentar e qualificar os atendimentos. Com a nova central telefônica mais de 66 mil atendimentos foram prestados. Pelo Chat online foram mais de 16 mil atendimentos e pelo Fale Conosco mais de 3 mil pessoas e as salas de autoatendimento permitiram o acesso de mais de cem mil usuários. 

A64A6134
19 anos de prestação de serviços - Foto: Suê Gotardo

O Tudo Fácil tem média de atendimento diária de quase 7 mil pessoas em suas unidades da capital (centro, zona sul e zona norte).

Os serviços mais procurados são os de emissão de carteira de identidade (RG/IGP), apresentação de condutor de veículo (DETRAN), inscrição de CPF (SDSTJDH/Receita Federal) e carteira de trabalho (FGTAS).

SDSTJDH - Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos